A fonoaudiologia é um forte aliado na qualidade de vida de pacientes submetidos a radioterapia | bioXtra

A fonoaudiologia é um forte aliado na qualidade de vida de pacientes submetidos a radioterapia

 em Câncer, Dia a dia

O fonoaudiólogo é o profissional habilitado para auxiliar na preservação da boa comunicação e convívio social de pacientes que precisam fazer radioterapia. Entenda melhor.

O câncer é entendido como um conjunto de mais de cem doenças que se caracterizam pelo crescimento desordenado e maligno de células pelo organismo. A doença pode ter vários estágios e o seu tratamento exige uma equipe de alto nível técnico, na qual o fonoaudiólogo está inserido.

A radioterapia realizada no tratamento de câncer na região da cabeça e pescoço tem apresentado resultados positivos no controle da enfermidade, seja ele realizado antes ou após a cirurgia oncológica.

O tratamento do câncer de laringe, por exemplo, demanda o trabalho de reabilitação da comunicação do paciente, bem como sua readaptação das funções de deglutição. Tais processos são orientados e auxiliados pelo fonoaudiólogo, profissional fundamental na equipe de radioterapia.

O acompanhamento fonoaudiológico

A intervenção do fonoaudiólogo é bastante frequente e significativa no tratamento de pessoas diagnosticadas com câncer e submetidas à cirurgia na região da cabeça e pescoço.

A acompanhamento do profissional deve acontecer desde a etapa pré-cirúrgica, com o objetivo de estabelecer uma relação confortável com o paciente e orientá-lo quanto ao processo de reabilitação que acontece após a cirurgia.

A primeira intervenção fonoaudiológica ocorre com a verificação de medidas vocais e de deglutição do paciente. O objetivo é compará-las no momento pós-operatório e, assim, realizar a readaptação de forma a reduzir ao máximo as modificações consequentes do tratamento oncológico.

O acompanhamento fonoaudiológico durante a radioterapia faz-se importante desde antes da cirurgia, porque a fonoaudiologia admite padrões subjetivos e objetivos de qualidade vocal. Assim, a assistência do fonoaudiólogo tem como objetivo favorecer a produção vocal, garantindo a melhoria de qualidade de vida dos pacientes afetados com tumores.

Qualidade de vida e fonoaudiologia

Os profissionais de fonoaudiologia têm se dedicado intensamente aos estudos relacionados à qualidade de vida do paciente que passa por cirurgia de retirada de tumor na região da cabeça e pescoço.

A preocupação dos fonoaudiólogos existe por causa do forte elo entre comunicação e convívio social, que pode se tornar ausente para alguns pacientes, devido à modificação drástica na face.

O acompanhamento do profissional de fonoaudiologia nas etapas de pré e pós-radioterapia tem como objetivo a manutenção ou readequação das funções comunicativas do paciente. A ausência do fonoaudiólogo nos tratamentos de câncer na região da cabeça e pescoço dificulta a preservação da boa qualidade de vida da pessoa enferma.

A qualidade de vida das pessoas que sofrem com câncer de laringe diminui significativamente após a cirurgia e/ou tratamento radioterapêutico. De modo geral, constata-se ainda que os pacientes que passam com radioterapia sentem um impacto mais negativo do que aqueles que são submetidos à cirurgia.

A intervenção do fonoaudiólogo é, portanto, de extrema relevância em tratamentos oncológicos. Tanto o tumor na região de cabeça e pescoço quanto a cirurgia e a radioterapia atingem de forma direta fatores cotidianos do paciente, o que tem como consequência a piora da sua qualidade de vida.

Ser acometido por uma doença grave é uma situação que quer muita paciência, vontade de viver e apoio dos familiares e amigos. Como você encara ou encararia uma situação assim? Compartilhe conosco sua experiência.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário