Ansiedade tem cura? Leia esse texto e descubra!  

  Muitos que sofrem com esse mal se perguntam se ansiedade tem cura. Iremos responder nesse post!

Em primeiro lugar é bom esclarecer que ansiedade é um estado emocional normal. É ele que nos permite enfrentar as dificuldades da vida no nosso dia a dia. Para algumas pessoas, entretanto, esse estado emocional contínuo pode atrapalhar e afetar suas vidas de modo intenso.

Ansiedade tem cura?

Ansiedade tem cura. Pelo menos para a grande maioria dos casos sim. Os médicos apontam que 70% dos casos conseguem, ao final do tratamento, uma resolução satisfatória, já os outros 30% não respondem ao tratamento convencional de modo esperado.

Medicamentos

O principal método para o tratamento dos transtornos de ansiedade (transtornos são crises de ansiedade periódicas) ainda é a prescrição de medicamentos por médio e longo prazos. Ansiolíticos e antidepressivos são largamente utilizados em quadros mais intensos de ansiedade.

É importante também que os pacientes sejam muito bem informados sobre os efeitos dos medicamentos, principalmente os efeitos colaterais mais importantes. Também é bom que se saiba que muitas vezes os efeitos desejados dos medicamentos podem surgir apenas depois de algumas semanas, enquanto que os chamados efeitos colaterais costumam ser sentidos quase que imediatamente.

Psicoterapia

Outro método bastante utilizado e amplamente difundido e a psicoterapia cognitivo-comportamental. Um aliado importantíssimo para controle e fim das crises de ansiedade. Não raro, a dupla medicamentos e psicoterapia caminham juntas para um melhor aproveitamento de ambos os caminhos. Como já vimos, ansiedade tem cura e os tratamentos concomitantes tendem a um efeito diferenciado.  

O médico é quem vai definir o melhor ou melhores tratamentos a serem seguidos, pois, os inúmeros transtornos de ansiedade podem ocasionar muitos tipos de incapacitação. Além do mais, o possível alívio de alguns sintomas nem sempre indicam uma estabilidade do transtorno ou cura efetiva. Só o médico poderá avaliar corretamente.

Duração

Em um âmbito geral, o tratamento para ansiedade tem a duração de seis meses a um ano. Depois desse período, normalmente, o paciente é avaliado para detectar a possibilidade de deixar o, ou, os medicamentos. Casos mais graves em que os pacientes apresentam dificuldades ou mesmo recaídas, o tratamento pode ser mais longo, durando até alguns anos.

Fique atento! Assim que houver a suspeita de transtorno de ansiedade, o médico deverá ser consultado. Dê a preferência ao psiquiatra. Somente ele  poderá avaliar minuciosamente, através de exames, qual é o diagnóstico exato e fazer a orientação e prescrição do melhor tratamento a ser seguido.

Tem alguma dúvida sobre ansiedade? Deixe um comentário!

Postagens recentes
mostrando 31 Comentários
  • Raquel silva
    Responder

    Eu tenho ansiedade síndrome de.panico tomo daflorin e bromazepam já tem uns quatro meses mais ainda tenho crise de ansiedade e fraca não me sinto muito segura ainda obrigada

    • bioXtra
      Responder

      A senhora vai melhorar, não se deixe desanimar. Você pode não ver agora, mas com o tempo sua melhora virá.

    • Julio
      Responder

      Muito difícil se tratar porque os próprios médicos ou não sabem tratar, explicar a doença, o tratamento. .. ou não querem perder os pacientes e enfiam remédios fortes que causam dependência durante anos nos pacientes sem o propósito de curar a doença, mas apenas amenizar os sintomas e manter os pacientes fidelizados! Ja passei por vários psiquiatras diferentes e todos parecem mudos fazedores de receita… rivotril, bromazepam, clonazepam, antidepressivos…. seja vítima da doença ou dessas drogas é isso que eles pensam e querem!

  • Maria helena Lacerda
    Responder

    Nunca imaginei q fosse sofrer tanto com esse problema é torturador esse medo não passa dia a pós dia sofrendo com medo preciso viver como antes sem medo sem receio sem esses sintomas penso que tenho um tumor na cabeça penso tanta coisa tudo pensamento negativo só jesus e a misericórdia dele pra gente se apagar

    • bioXtra
      Responder

      Não deixe que esses problemas falem mais alto que você. Procure um médico e faça uma avaliação. Dependendo do seu caso ele dará início a um tratamento. Caso já esteja fazendo, procure não pensar nos problemas. A senhora pode não sentir agora, mas com o tempo sua melhora virá.

    • Maria
      Responder

      Maria Helena, os meus problemas de ansiedade começaram exatamente iguais aos seus. Foram 2 anos de pura tortura, até q resolvi procurar ajuda profissional pois senti q sozinha não conseguiria. Não vou dizer q estou 100% mas melhorei bastante,e ainda estou em tratamento Procure ajuda, não se entregue, o primeiro passo tem q vir de vc. Boa Sorte!

  • Sonia da costa
    Responder

    Meu filho faz tratamento.des dos 18 anos hoje está com.24 e ainda sente falta de ar ansiedade , pedido disse que não pode trocar os medicamentos agora mas eu levei ele em outra psiquiatra e ela passou outros medicamentos pristq e queropax mas ainda não troquei, queria uma opinião se devo trocar ou não estou com receio de trocar ele toma fluxtar e uma fórmula clonazepam com clopam gostaria que saber o que eu faço!

    • bioXtra
      Responder

      Olá senhora Sonia. Se você está com dúvidas em relação a informação de um médico, procure ouvir a explicação de outros. Veja com ele o que melhor pode ser feito e não tenha medo, tenha fé.

  • vanderleia maria
    Responder

    Também tive anciedade, e horrível eu pensava que ia morrer pois eu sentia muito mal, mas procurei Deus primeiramente pedi que ele nem curasse que nem lilavrasse de mal então procurei um médico tomei remédio por um ano e graças a meu Divino pai Eterno hoje estou curada. Então quem no momento está passando por isso coloque Deus na frente e ele vai te curar.

    • bioXtra
      Responder

      Obrigado por compartilhar sua história conosco. Parabéns pela vitória!

  • terezinha
    Responder

    me envolvi num relacionamento apos ficar viuva, acabei me apaixonando,depois descobri que ele tinha varias mulheres ao mesmo tempo, larguei dele e entrei em depresssao choro , sinto falta dele sei que ele nao gosta de mim,mas a gente nao manda no coraçao o que fazer tomo anti depressivo e fico pior,vontade de procurar ele mas no fundo sei que nao vale a pena me ajudem.

    • bioXtra
      Responder

      O tempo será seu melhor amigo. Procure manter o corpo e a mente em constante saúde.

      • IVONETE
        Responder

        EU JA PASSEIPOR ESTA SITUAÇAO MAS FOI TRAIÇAO DO MEU MARIDO PENSEI QUE IA MORRE FIQUEI DEPRESSIVA ATÉ TENTEI O SUICIDIO MAS GRAÇA A JEOVÁ ESTOU VIVA APEQUEI COM DEUS FOI DIFICIO MNAO FOI FACIO NAO MAS COM O TEMPO FOI PASSANDO A DOR FOI SUMINDO AGENTE ACHA QUE ESTA DOR NUNCA VAI PASSA MAS PASSA SIM PRIMEIRAMENTE SE AGARRA COM DEUS E OS MEDICO E DEIXA O TEMPO TIRA A CICATRIZ O TEMPO TRAS COISA BOA E COISA RUIM AS RUIM VC JA TEVE AGORA AS COISA BOA VAO CHEGA HOJE TEM UM MARIDO OTIMO QUE DEUS POS NA MINHA VIDA TUDO TEM A RAZAO DE SER E DIFICIO E MAS PASSA SE CUIDA DAQUI UM ANO VC VAI DAR O SEU DEPOIMENTO PARA OUTRA PESSOA EU CREIO NISTO E VC VAI LEMBRAR DE MIM VIDA QUE SE SEQUE SE CUIDA FICA COM DEUS BJOS

  • ivanete
    Responder

    Passo por esse problema de ansiedade por algum tempo fiz uns tratamentos melhorei, mas a aceleracao do coracao continua ja passei no cardiologista fiz exames nao deu nada mas fico bem preocupada, nao sei o q fazer me ajude

    • bioXtra
      Responder

      Não temos como avaliar seu caso virtualmente. Se acha necessário, procure uma segunda opinião médica.

      Abraço,

  • Dinair Moura Barros
    Responder

    Já sofri muito com ansiedade, pânico e depressão por não saber que existia tratamento, e ao saber, relutei muito, haja vista o preconceito e a falta de informação sobre as doenças. Procurei Jesus de Nazaré e com a ajuda de amigos e familiares fui ao psiquiatra e tomei a medicação. Que alívio! As vezes tenho recaídas, mas QUE BOM que DESCOBRI e ACEITEI Jesus, Ele me deu paz e falou que cuida de mim. Os remédios e os médicos são instrumentos de Deus. Tenho sempre um “remedinho” em minha bolsa e falo das doenças sem nenhum constrangimento ou preconceito (isso é libertador), tento ajudar aqueles que se encontram angustiados e aflitos com essas terríveis doenças. Há solução, aceite ajuda (já que não se tem força nesses momentos).

  • antonia auxiliadora vieira carvalho santos
    Responder

    Tomo cloxozolan a muito anos gostaria de parar mas tenho medo de ter uma recaída pois tive depressão por favor me ajude

    • bioXtra
      Responder

      Olá Antonia. Em alguns casos, após um período de tratamento, e necessário que a pessoa faça o desmame do medicamento, para deixar de utilizar aos poucos. Mas vale lembrar que todas essas informações devem ser consultadas primeiro com um médico.

  • Polyana
    Responder

    Os meus problemas de ansiedade começaram exatamente a 4 anos mas só agora que eu descobri minha atual situação. Foram 4 anos de pura tortura, até q resolvi procurar ajuda profissional pois senti q sozinha não conseguiria aliás foram vários profissionais mas até que enfim encontrei uma clínica geral um verdadeiro anjo que descobriu exatamente o que eu tinha . Não vou dizer q estou 100% mas melhorei bastante,e ainda estou em tratamento. Procurem ajuda, não se entregue, o primeiro passo tem q vir de vc. E nunca perder a fé em Deus. Boa Sorte!

  • janilton moraes
    Responder

    Olá, tambem sofro dessa maldição a quase tres anos, ja tomei varios medicamentos, hoje tomo olanzapina e clonazepan. Tenho fortes crises de panico e psicose, surto que me levam a lugares horrendos quando estou dormindo. Quando vou dormir com algum tipo de sentimento seja la qual for raiva, tristeza, alegria, angústia e etc… eu deito pra dormir e meu espirito repousa e creio eu que outro espirito pega meu corpo e sai aprontando coisas horrendas, como se eu fosse sonambulo, mais nao sou. Quando acordo estou em lugares desconhecidos, entro em panico meu coração acelera minha pressao aumenta demais, ja chgou à 24/12 minha PA. Nao consigo nem mesmo sair na rua pois tenho muito medo, penso que algo vai acontecer comigo, acabou minha vida pessoal ja nao sei mais o que fazer. Me ajudem por favor!

    • bioXtra
      Responder

      Olá Janilton. O seu caso é específico e precisa de um acompanhamento médico. Procure um psicologo para que ele possa analisar melhor o seu caso e compreender o motivo do seu problema.

  • janilton moraes
    Responder

    Minha vida social acabou, nunca pensei que existisse algo tao mal assim, minha unica vontade é está isolado chorando todo tempo,é um grande aperto no peito. Inumeras vezes tentei contra minha propria vida tentando suicidio, nao consigo ficar em multidao, tive um surto na ultima perícia que fiz, acordei no SPA. Sou acompanhado por psiquiatra a quase tres anos. Me sinto muito desesperado. Deito pra dormir e acordo em bares bebendo fumando jogando coisas que ja deixei no passado. Mais com esses surtos ou psicose acordo em lugares horrendos desconhecidos que eu nunca tive ou tenho coragem de ir se nao tiver em surto. Preciso muito de ajuda.

    • bioXtra
      Responder

      Podem ser muitos os motivos para o seu problema. Explique sua situação para seu psiquiatra para que ele possa melhor analisá-lo.

  • Helga
    Responder

    Será q ainda tem jeito meu caso sofro há 13 anos de ansiedade?

    • bioXtra
      Responder

      Olá Helga. Sabemos o quanto é difícil lidar com essa doença pelos depoimentos de nossos visitantes, mas muitos deles também relatam sua melhora. Não perca suas forças. Siga com o tratamento, você vai conseguir vencer!

  • Urania lima
    Responder

    Sofro de ansiedade, pânico, depressão a mais ou menos 7 anos. Sinto dores em várias partes do meu corpo, principalmente garganta, já fui a vários médicos, muitos exames e tudo normal. Tenho muito medo de morrer, deixo de fazer muitas coisas por causa disso. Só andava chorando, se sinto uma dor já acho que é alguma coisa grave,muitos pensamentos negativos, coração apertado… Consultei vários psiquiatras, começava fazer o tratamento melhorava depois voltava tudo, também fiz muitas sessões com psicólogo. A quase dois anos estou fazendo tratamento com outro psiquiatra melhorei, mas ainda tenho crises, é horrível a gente viver assim sem poder ter uma normal.

  • NATY
    Responder

    TENHO AS MESMAS COISAS QUE VC URANIA LIMA E MTO COMPLICADO TERMOS QUE VIVER COM ISSO TEM DUAS SEMANAS Q ESTOU ASSIM GOSTARIA Q ALGUM DOUTOR DISSESSE SE ISSO TEM CURA? SE ESSE TIPO DE ANSIEDADE VAI ACABAR EM BREVE? O QUE TEMOS QUE FAZER? POIS ISSO DA MUITO MEDO UMA SENSACAO DESAGRADÁVEL PQ EM UM MES NÃO TEMOS NADA, E NO OUTRO SIM.

  • Diana Césia
    Responder

    A minha de 15 anos está com crises de ansiedade, está com acompanhamento de uma psicóloga e levei ela ao endrocno ainda vou receber os resultados dos exames.
    Mas gostaria de saber como eu devo ajudá-la, e em que detalhes eu preciso observar.

  • maria das graças silva
    Responder

    Eu sinto ansiedade muito forte q minha presao sobi ja fui ao cardiologista fis exame não deu nada daí eu procurei um médico e ja fais quase 3 anos que eu tomo esitolaplam e ecadil tento para mas não consigo não tou tenho semana que penso que tou boa aí quando diminuir o remédio um dia ou dois ja começar aparece os sintomas e orrivel eu queria sair mas não posso alguém mim ajude.

    • bioXtra
      Responder

      Olá, Maria das Graças. Mantenha sempre um acompanhamento médico para que possa ser analisado o seu caso em específico. Veja com seu médico se é possível ser feito o desmame do medicamento para que deixe de tomá-lo aos poucos. Pratique exercícios físicos e mantenha uma alimentação saudável. Você vai conseguir superar esses sintomas!

Deixe Seu Comentário