Boca seca e muita sede podem ser sintomas de quais doenças?

Sintomas de boca seca e muita sede são recorrentes na sua rotina? Saiba que isso pode não estar relacionado apenas ao seu baixo consumo de água: você pode estar apresentando um quadro de xerostomia.

A xerostomia é um sintoma caracterizado pela baixa ou nenhuma produção de saliva pelas glândulas salivares, inibidas por diversos motivos e situações clínicas. O problema de apresentarmos boca seca e muita sede é que a falta da saliva reduz significativamente a qualidade da saúde bucal, já que ela contém em sua composição várias enzimas, minerais, aminoácidos e anticorpos que protegem os dentes, o hálito, a gengiva e ainda participa ativamente da digestão e absorção de alimentos. Mas o que esses sintomas podem significar?

As consequências da boca seca e muita sede

Apesar da boca seca e o aumento da sede serem consequências da xerostomia, alguns sintomas também podem estar associados a esse quadro, ajudando a identificar a presença do problema. Sintomas como:

  • Saliva mais viscosa;
  • aumento de infecções bucais;
  • aumento da placa bacteriana;
  • aumento do mau-hálito;
  • presença de úlceras na região bucal;
  • alteração do paladar;
  • e surgimento de cáries e dificuldades na fala e deglutição são sinais clássicos de xerostomia.

Boca seca é sinal de desequilíbrio no organismo

Mas por que a xerostomia ocorre? A falta da produção de saliva pode ser um sinal de que algo está em completo desequilíbrio no organismo e precisa ser corrigido imediatamente. Esse desequilíbrio pode ser causado:

  • Pelo uso prolongado de certos medicamentos;
  • por consequência de cirurgias na região bucal;
  • por causa do efeito de quimioterapia e radioterapia;
  • por causa da presença de um tumor na região;
  • ou até por consequência da instalação de alguma doença autoimune no organismo (como a síndrome de Sjögren, a esclerose ou o lúpus).

Doenças como a diabetes tipo I, a psoríase, doenças inflamatórias intestinais, mal de Parkinson, AIDS e a fibrose cística também podem apresentar sintomas como boca seca e muita sede.

O fumo, a prática de jejum prolongado e hábitos de respiração bucal também podem ser causas destes sintomas, assim como o estresse, a depressão e alterações hormonais.

Como tratar a boca seca?

Como a boca seca e a sede excessiva podem ser sintomas característicos de várias doenças ou quadros clínicos, a única maneira de tratá-la é buscar solucionar o que está causando a xerostomia.

Se o problema é com medicação, é necessário modificar a prescrição; se é consequência de alguma doença como, por exemplo, a diabetes, é preciso tratar esse quadro clínico; se é um problema causado por uma situação pós-cirurgia ou pós-quimioterapia, é preciso consultar um médico para viabilizar as soluções.

Quando não é possível tratar a causa da xerostomia, muitos profissionais indicam outras alternativas para aumentar a umidade na região bucal e estimular a produção de saliva: o uso de hidratantes bucais, enxaguantes e salivas artificiais pode ser uma boa alternativa para melhorar estes sintomas.

Para saber exatamente qual produto usar, é necessário consultar um dentista ou médico.

Evitando agravar os sintomas de boca seca e sede excessiva

Em quadros de xerostomia já instalados, alguns hábitos podem ser essenciais para não agravar ainda mais os sintomas de boca seca e da sede frequente. Procure sempre beber água com muita frequência, evite consumir bebidas alcoólicas, bebidas adocicadas, café e alguns tipos de chás estimulantes. Além disso, não fume e evite alimentos condimentados.

Quando a secura da boca e o volume da sua sede aumentar intensamente, talvez seja a hora de procurar um médico ou odontologista para verificar se existe alguma possibilidade de você estar apresentando um quadro de xerostomia.

Ainda tem dúvidas sobre esse assunto? Fale com a gente no espaço reservado para os comentários!

Postagens recentes
mostrando 2 Comentários
  • jose batista filho
    Responder

    fico com a boca seca quando como massas,como macarrao com molho de tomate,pao frrances e o que desconfio

    • bioXtra
      Responder

      José pode ter alguma ligação com baixa absorção de amido, mas é importantíssimo ser examinado por um médico afim de ter certeza do que realmente o senhor tem.

Deixe Seu Comentário