Depressão clínica: Tudo que você precisa saber | bioXtra

Depressão clínica: Tudo que você precisa saber

 em Depressão

Leia neste post tudo que você precisa saber sobre a depressão clínica, doença grave que pode colocar em risco a vida do paciente!

A depressão é um distúrbio mental que afeta mais de 300 milhões de pessoas pelo mundo. Ela se caracteriza principalmente por sintomas incapacitantes e perda de interesse, prejudicando a vida do paciente. O espectro da depressão é muito amplo e transitório, podendo começar com um tipo e evoluir para outro.

Atualmente a medicina, junto com os institutos de psicologia relatam que quem sofre com este tipo de distúrbio não consegue simplesmente deixar de pensar nele, é um quadro grave que deve ser tratado com medicação e acompanhamento psicológico.

Sintomas da depressão clínica

O maior sintoma relatado pelos pacientes da depressão clínica, é o sentimento de vazio. Alguns casos geram sentimentos de tristeza e irritabilidade. Para alguns médicos, a depressão clínica é considerada um transtorno de humor que desequilibra funções químicas do cérebro.

É normal na grande maioria dos casos, que o paciente mude hábitos e sua rotina decaia em rendimento. A irresponsabilidade pode vir a tona, deixando de cumprir compromissos, encontros sociais, negligenciando funções em casa ou até se isolando de conhecidos ou familiares.

O abuso de álcool e drogas podem estar relacionados ao quadro depressivo neste caso.

Consequências da depressão clínica

Alguns problemas e alterações de comportamento podem acontecer durante o quadro de depressão clínica, tais como:

  • Má higiene pessoal

Muitos pacientes deixam de cuidar de si mesmo e da aparência. Faltam motivação e energia para manter rotinas de coisas simples como banho, escovação, cuidados com a casa e com as roupas.

  • Agitação ou retardo motor

Gera uma mudança drástica no comportamento. Em pessoas quietas pode causar agitação, em pessoas agitadas, apatia. Atrapalhando principalmente nos trabalhos diários.

  • Desespero generalizado

Comum em pacientes que também sofrem com transtornos de ansiedade. O desespero é um sintoma de risco neste caso, pois pode levar o paciente a pensar e arquitetar situações destrutivas.

  • Ideias de suicídio

Esta pode ser a fase mais profunda da depressão clínica. Com uma tristeza eminente e sem ver saída, o suicida sente-se sozinho, podendo começar a se despedir de pessoas queridas, falar frequentemente sobre a morte, ou mudar radicalmente seu humor para calmo e feliz.

Tratamentos

A depressão clínica além de perigosa é difícil, muitos pacientes não tem forças para procurar o tratamento e lutar contra a depressão em um primeiro momento. Por isso é tão importante o apoio dos amigos e familiares para incentivar a pessoa a criar metas e cumpri-las pouco a pouco.

O tratamento contra a depressão deve ser feito com acompanhamento de psicólogos e psiquiatras. Há variações no tempo e na metodologia, pois cada caso é único e a cura depende de fatores externos.

Conhece alguém que precisa ler esse texto? Compartilhe esse post com ela!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário