Oncologia infantil: saiba quais tipos de câncer atingem as crianças

Dentro Câncer

Neste artigo, conheça os principais tipos de câncer que afetam pessoas de 0 a 19 anos.

A oncologia é uma especialidade médica que trata de tumores e câncer em geral. Esse ramo da medicina preocupa-se em estudar a formação e desenvolvimento do tumor, de modo que o especialista possa apontar o tratamento mais indicado para tal. No Brasil, a oncologia também é chamada de cancerologia.

O médico especialista no tratamento do câncer é o oncologista. Assim, este profissional é responsável por cuidar do paciente com câncer e prescrever-lhe tratamentos específicos, como a quimioterapia e a radioterapia.

O câncer em crianças

A oncologia pediátrica, também chamada de oncologia infantil, é a especialidade da ciência médica responsável pelo estudo dos diversos tipos de câncer que afetam crianças especificamente.

O oncologista pediátrico é o médico que se capacita para planejar e tratar o paciente com câncer com idade de 0 até 19 anos. De acordo com o Instituto Nacional do câncer (Inca), a maioria das crianças e adolescentes afetadas pela doença podem ser curadas, principalmente se o diagnóstico for precoce.

Principais tipos de câncer infantil

As origens do câncer infantil ainda são desconhecidas. Contudo, sabe-se que ele atinge células embrionárias, em fase de crescimento, o que faz com que evolua muito mais rápido do que em pessoas adultas. Outra diferença é que a doença não pode ser prevenida em crianças, pois os fatores de influência ambientes são ínfimos.

Veja os sete principais tipos de câncer que podem atingir crianças:

Leucemia

O tipo de câncer mais comum entre as crianças, ocorre por conta do acúmulo de células imaturas do sangue na medula óssea.  

Linfomas

Tipo de câncer que afeta o sistema linfático, o qual é fundamental na manutenção e defesa do organismo.

Neuroblastoma

O neuroblastoma tem origem nas células nervosas, em diferentes partes do corpo, sendo mais comum aparecer na glândula suprarrenal (ou glândula adrenal).

Osteossarcoma

Trata-se de um tumor ósseo maligno, o qual atinge as extremidades dos ossos longos na maioria dos casos, como o fêmur e a tíbia.

Retinoblastoma

Tumor ocular que surge nas células da retina, com causa hereditária em alguns casos, prejudicando a visão da criança.

Tumores de partes moles

Os tumores de partes moles caracterizam-se por atingir tecidos situados entre a pele e os órgãos, como gorduras, músculos e tendões.

Tumor de Wilms

Trata-se de um tumor maligno, que aparece geralmente em um rim de crianças com idade entre dois e quatros anos.

Os sintomas para diagnosticar algum tipo de câncer em crianças e adolescentes variam de acordo com cada tumor. Entre os possíveis indícios, estão cansaço, febre, palidez, sonolência, dores e inchaço constantes. Ainda que seja difícil, por ser confundido com outras doenças, o diagnóstico precoce é a chave do sucesso do tratamento do câncer em crianças.

Os avanços na oncologia infantil associado ao cuidado constante com a saúde dos pequenos devem ser utilizados em favor de todos. A maioria das crianças que sofrem com câncer pode ter ótima qualidade de vida se realizar um tratamento adequado da doença.

Conhece alguém responsável por criança ou adolescente? Cuide da saúde de quem você ama, compartilhe nosso conteúdo.

Postagens recentes

Deixe Seu Comentário