Pigarro, o que causa e como tratar? Descubra.

Dentro Causas

Conviver com pigarro não é lá uma experiência muito agradável, contudo, é possível tratar e evitar essa irritação. Saiba como.

Entende-se por pigarro uma perturbação na garganta, geralmente acompanhada por mucosidades, que a faz ficar seca e ocasiona muito desconforto. Além de ser inconveniente e causar dor, conviver com pigarro na garganta às vezes impossibilita a passagem de ar, isto é, a respiração. Além disso, o pigarro danifica as cordas vocais, provocando rouquidão ou ainda a perda de voz temporariamente.

Em resumo, o pigarro é um fluido denso e viscoso, capaz de entupir o nariz e a garganta. As causas do pigarro são diversas, bem como suas formas de tratamento. Entenda.

Causas do pigarro

O organismo produz secreções naturalmente, como forma de autodefesa. Porém, há alguns motivos que provocam o aumento dessa produção e, por isso, ocasionam desconforto na garganta. Geralmente, o pigarro é causado por:

1 – Tabaco

O consumo regular do tabaco provoca mudanças na área das vias aéreas que levam o ar aos pulmões. Os elementos tóxicos de algumas substâncias existentes na fumaça do cigarro, bem como a temperatura dos gases inspirados, podem fazer com que os cílios deixem de funcionar adequadamente.

Esses são os conhecidos “pelinhos”, os quais desempenham a função de proteger o organismo de substâncias tóxicas. Todavia, eles podem deixar de existir com o tabagismo, o que acaba comprometendo a defesa das vias aéreas. Com isso, é possível que a limpeza das partículas nas vias aéreas seja reduzida, exigindo que seja feita a purificação contínua da garganta, por meio de pigarros constantes.

2 – Gripes e resfriados

O pigarro pode surgir ainda após gripes e resfriados, uma vez que, nessas situações, ocorre o aumento de concentração de células de autoproteção na via respiratória.

Isso causa um grande desconforto no local, como também o funcionamento ideal dos cílios é reduzido temporariamente. Além disso, ocorre a maior produção de mucosidades, o que exige a purificação contínua na garganta, até que a gripe ou resfriado passe.

3 – Outras doenças

Não é somente gripes, resfriados e tabagismo que provocam o pigarro. Enfermidades provocadas por microorganismos, como rinites e sinusites, também pode originar a irritação na garganta.

Outro motivo causador do desconforto é o refluxo gastroesofágico, através do qual desvios digestivos podem provocar também a tosse seca.

Doenças graves também podem ser motivo da origem do pigarro, como tumores malignos ou mesmo doenças pulmonares, o que deve ser motivo para que a pessoa com pigarro constante procure um médico.

Como tratar o pigarro

Agendar uma consulta com um otorrinolaringologista é o primeiro passo a ser dado para conhecer a razão do aparecimento do pigarro. Esse especialista irá indicar o tratamento ideal de acordo com a causa diagnosticada. Recomenda-se utilizar somente medicamento somente sob orientação médica.

Há algumas recomendações gerais para tratar o pigarro, como:

  • Beber muita água, para que a garganta fique sempre hidratada;
  • Evitar falar muito, a fim de que as cordas vocais fiquem relaxadas;
  • Limpar as áreas afetadas sempre que puder, seja comendo maçã ou assoando o nariz;
  • Usar hidratante bucal, principalmente antes de dormir;
  • Utilizar pelo menos um gel hidratante específico para o ressecamento da boca.

Se você conhece mais alguma forma de tratar ou evitar o pigarro, conte pra gente. Comente abaixo!

Postagens recentes
mostrando 29 Comentários
  • Verissima
    Responder

    Passei uma semana com pigarro na garganta e agora to rouca sem poder falar ,passei a noite tossindo e amanheci rouca sem fala tô com medo de ser uma doença perigosa

    • bioXtra
      Responder

      Olá, Verissima. O seu caso é específico e deve ser avaliado por um médico. Somente ele poderá analisar e recomendar o procedimento correto para sua situação.

  • Luciane Ribeiro
    Responder

    Estou sentindo muito mal com pigarro, tenho cisto na tireoide,e nao paro hora nenhuma de tentar tirar essa secreçao da garganta sinto como se o cisto da tireoide estivesse inflamada de tanto eu fazer os movimentos na garganta ja tenho um mes que estou assim nao sei mais o que fazer,meu nariz a noite entope e minha garganta fecha e fica mais dificil a respiraçao nao sei o que fazer alguem pode me ajudar

    • bioXtra
      Responder

      Olá, Luciane. O pigarro pode estar relacionado a diversas causas e variam de pessoa para pessoa. Somente um médico poderá melhor avaliá-la e recomendar o procedimento correto para sua situação.

  • ariana oiteiro santos
    Responder

    oi tou com um pigarro muito forte trablho numa fabrica de biscoiso

    • bioXtra
      Responder

      Olá, Ariana. O pigarro pode estar relacionado a diversas causas e variam de pessoa para pessoa. Somente um médico poderá melhor avaliá-la e recomendar o procedimento correto para sua situação.

  • Cleia glinski
    Responder

    Estou com picarro já faz tempo já fiz vários exames tipo induscupia laringuspia ecografia de tiróide fiz uma tomografia da garganta e não acharam nada e o pigarro e o desconforto na garganta continua já não sei o que fazer

  • jose vicente ferreira
    Responder

    \pelo que estou vendo por estas respostas destas informaçoes todos já sabem pois este site não esta sendo viavel procurar medico eu acho que todos ja o fiseran so estamos trocando informação para ver se alguen usou algum remedio que talves funcione obrigado JVF

  • atenir
    Responder

    “Há algumas recomendações gerais para tratar o pigarro, como:

    Beber muita água, para que a garganta fique sempre hidratada;
    Evitar falar muito, a fim de que as cordas vocais fiquem relaxadas;
    Limpar as áreas afetadas sempre que puder, seja comendo maçã ou assoando o nariz;
    Usar hidratante bucal, principalmente antes de dormir;”

    Já fiz tudo isso aí acima, mas meu pigarro persiste há mais de 15 anos. Tenho rinosinusite, trato com medicamentos, mas o pigarra não larga. O que fazer? obrigado.

    • Maria
      Responder

      A muito tempo tenho pegar o na garganta pois tenho poblema de sinusite chega me falta o Ar!

  • Andreia
    Responder

    Tem dois meses que estou assim perco o ar dormindo isso e horrível e como estivesse morrendo asfixiada tosse seca a noite toda e arde muito a garganta ! Sinto o gosto do Pizarro e nojento mais não são nada

  • Alan
    Responder

    Pelo que estou vendo aqui nos comentários, que nada mais é PIGARRO é uma doença crônica que não tem cura … infelizmente

    • bioXtra
      Responder

      Isso é relativo, depende da origem do problema. Por exemplo, se o problema for originado em baixa qualidade de saliva, ou secura bucal, nossos produtos podem ajudar!

  • Dulcy Casas
    Responder

    Comer gengibre em jejum tem aliviado o pigarro da minha garganta!! Sou professora e já fui fumante passivo e tenho refluxo. A gengibre alivia demais o pigarro.

  • Denise
    Responder

    Eu fiz cirurgia de desvio de septo e corneto. Desde então, tenho um pigarro que fica grudado na garganta e não sai. Tento tirá-lo o dia todo, mas não sai por completo.Penso que foi uma consequência (sequela) da cirurgia. Me arrependi. Agora, começou uma rouquidão e ressecamento na boca e garganta insuportáveis. Fui a um otorrino, comecei usar o medicamento e até agora, nada. Estou pensando em procurar um endócrino.

    • bioXtra
      Responder

      O seu otorrino indicou os produtos bioXtra?

    • David
      Responder

      Aconteceu do mesmo jeito comigo. Já não sei mais o que fazer.

  • Marcos malaquias lima
    Responder

    Estou com um Pizarro na garganta já fais dois meses tenho sinusite esse Pizarro e insuportável o que deve faser

    • bioXtra
      Responder

      Marcos, nossos produtos podem ajudar aliviar esse problema!
      Contudo, ainda assim é importante buscar a origem do problema.

  • Durval
    Responder

    Pela manhã, principalmente quando bebo cerveja a noite, tenho um pigarro avermelhado como se tivesse o muco com coloral.
    Faz uns 6 meses que tenho isso. Comelou após um sinosite que tratei com romã. O que pode ser e como tratar?

    • bioXtra
      Responder

      Durval, é impossível dar uma diagnóstico e indicar um tratamento sem os exames devidos.
      Procure um médico que possa examiná-lo.

  • Ingrid
    Responder

    Oi sou cabelereira e mexo muito com quimica e estou sentindo muito pigarro e tosse na hora de dormi pode ser por causas dos produtos??

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Ingrid. O seu pigarro pode estar relacionado a inalação deste produto químico. Caso seja, busque trocar de produto ou use uma máscara que lhe impeça de inalar esta composição. Vale lembrar que é necessário se consultar ao médico primeiro.

  • Milena
    Responder

    Olá.do nada eu começo a tossir muito e a garganta fica coçando ,incomoda muito,chega eu choro ,se eu tiver na rua morro de vergonha.é pigarro? E o que eu faço?

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Milena. É necessário que se entenda o que está causando este sintoma constante. Busque uma avaliação feita por um médico. Desejamos melhoras.

  • Elba Machado Lopes
    Responder

    Meu nome Elba tenho 34 anos , esse incômodo já sinto a anos de estar dormindo e me enasgar com a própria saliva há passei em consults a médico passou xarope e pronto , mas ontem acordei com esse incomodo e bastente secreção na garganta nariz cleansing muito sensação de garganta seca e muita falta de ar durante o dia todo e hoje também mesma coisa I que devo facet pra aliviar já que bebo muita água.

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Elba. Estes sintomas podem ter relação ou não um com o outro. É necessário que se entenda o porquê disso. Praticar atividades físicas e manter uma alimentação saudável trazem benefícios para o corpo. Caso a primeira consulta não tenha atendido as suas necessidades busque a opinião de um segundo profissional.

  • germano da silva santos
    Responder

    Meu filho de 4 anos está com um pigarro que ataca o dia inteiro e notei que a úvula dele está muito torta parecendo um L .
    Isso pode ser a causa desse pigarro?
    Obs: ele já teve pneumonia e bronquite.

    • bioXtra
      Responder

      Olá, Germano. Tudo bem? Não necessariamente o formato da úvula do seu filho pode estar relacionado ao pigarro. Leve-o ao médico para que seja analisado o caso dele especificamente.

Deixe Seu Comentário