Quais são os efeitos colaterais da iodoterapia? Descubra! | bioXtra

Quais são os efeitos colaterais da iodoterapia? Descubra!

 em Dia a dia, Tratamento

Os efeitos colaterais do tratamento com iodoterapia podem ser agudos ou crônicos, devendo ser tratados para evitar problemas maiores. Saiba mais.

A iodoterapia é um procedimento clínico realizado há mais de 50 anos no tratamento de câncer diferenciado de tireoide. A maior parte dos pacientes diagnosticados com câncer papilífero ou folicular na glândula conseguem ser curados após realizar cirurgia e terapia com iodo radioativo.

Como funciona a iodoterapia

O procedimento de iodoterapia deve acontecer após a cirurgia de retirada do tumor. O iodo é essencial para a tireioide, uma vez que as células da glândula utilizam o elemento para produzir seus hormônios.

A terapia com iodo tem como objetivo eliminar as células cancerígenas que absorvem o iodo. Isso acontece porque as células dos tumores da tireoide denominados diferenciados assemelham-se às células que os originaram, o que faz com que também absorvam o iodo.

O iodo radioativo ingerido pelo paciente em terapia deve funcionar, então, para atingir as células capazes de captar o iodo e produzir o hormônio. O resultado final deve ser a eliminação completa das células tumorais, de forma que o carcinoma não volte a aparecer.

Efeitos colaterais

Os efeitos secundários da terapia com iodo ainda não são totalmente conhecidos. O que se sabe é que eles podem englobar desde náuseas até comprometimentos mutagênicos em bebês de gestantes expostas ao Iodo-131. As consequências de tal exposição incluem abortos, anormalidades genéticas e possíveis malignidades nos fetos.

Os efeitos colaterais imediatos do tratamento podem durar por anos ou serem crônicos. São considerados os principais:

  • Alterações nas glândulas salivares;
  • Boca seca;
  • Dores estomacais;
  • Hipotireoidismo (falta de hormônio da tireoide);
  • Náuseas;
  • Olhos secos.

Como tratar os efeitos

Os efeitos como dores no estômago e náuseas podem ser tratados com medicamentos específicos para aliviar os sintomas. Já as alterações nas glândulas salivares e diferenciação no paladar podem ser administradas com hidratação constante e cuidados na alimentação. Contudo, tais sintomas costumam desaparecer em poucos meses.

Os efeitos crônicos, como o hipotireoidismo, são os que exigem mais atenção do paciente que fez o tratamento com iodoterapia. Neste caso, é fundamental seguir orientações profissionais e tomar medicamentos de reposição dos hormônios da tireoide, que são fundamentais às funções do organismo.

A boca seca pode ser tratada com repositores salivares (salivas artificiais, disponíveis em gel e spray), estímulos mastigatórios (como gomas de mascar sem açúcar ou sialogogos), hidratação, cuidados com alimentação e hábitos saudáveis, sem o consumo de álcool, tabaco, cafeína, entre outros cuidados.

O ideal é que a pessoa com sensação de boca seca consulte o dentista regularmente, para que este profissional oriente sobre os melhores produtos para tratar o problema, realize avaliação e prevenção de doenças que possam surgir por causa da xerostomia.

A secura nos olhos deve ser tratada para evitar o desconforto e o atrito entre a córnea e a pálpebra. A lágrima é fundamental para lubrificar, nutrir e proteger as estruturas oculares externas. Portanto, o paciente deve consultar um oftalmologista para saber qual a melhor forma de amenizar o incômodo, seja com colírio de lágrima artificial, uso de lentes de contato ou outro tratamento específico.

Conhece alguém que passou pelo tratamento de iodoterapia? Marque nos comentários e deixe mais pessoas informadas sobre os possíveis efeitos colaterais do processo e formas de tratamento.

Postagens Recentes
Mostrando 9 comentários
  • Celso.L.M.
    Responder

    Oi..fiz remoção da tireoide após diagnóstico de.possivel malignidade de nodulo …sendo a biopsia tendo a conclusão histopatologica : quadro histopatologico sugestivo de carcinoma papilifero variante folicular da tireoide medindo 1 cm. Atividade mitotica leve, necrose tumoral, calcificaçoes psamomatosas e fibrose ausentes. Tumor bem delimitado..nao encapsulado. Ausencia de infiltração da capsula glandular..sem extensão extratireoidiana. Multicentricidade tumoral não identificada .Ausencia de invasão vascular. UICC 7th. Ed. 2010: pT1 .
    Segundo essa biopsia..qual deve..provavelmente ser a dose minima do iodo radioativo (mci)..que é recomendavel ao meu tratamento??

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Celso. A bioXtra é uma marca Belga que visa ajudar e informar seus clientes com artigos qualificados sobre saúde bucal. Infelizmente não podemos te ajudar com relação ao tratamento, apenas o médico que acompanha o caso poderá te indicar a melhor opção. Torcemos por sua melhora!

  • Roberta
    Responder

    Fiz duas cirurgias porque tive metástase ganglionar e três tratamentos com iodo radioativo há 9 anos. Estou com 600mci acumulados, sinto a boca seca até hoje e uma das glândulas parótidas é atrofiada. Tenho medo de surgirem outros efeitos colaterais tardios com essa quantidade de radiação que tomei.

  • Patricia alves
    Responder

    Olá fiz a iodoterapia dia 29/05/2018 e tive alta no dia seguinte ate então parecia tudo normal com exceção de um pouco de ansiedade que eu estava mas dois dias depois comecei a ficar muito enjoada coma mal estar sem paladar e muita dores no estômago sem vontade de comer nada ,isso é normal quanto tempo vai durar esses sintomas

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Patrícia. Os sintomas após a iodoterapia podem durar anos ou se tornarem crônicos, é importante que a senhora mantenha um diálogo aberto com seu médico para que não restem dúvidas quanto a sua saúde. Torcemos por sua melhora!

  • Renata M.
    Responder

    Fiz a tireodectomia em 04/12/17 e após biópsia confirmou que era carcinoma papelifero… fiz a dieta com restricao de iodo e sem tomar hormônio… inchei 9 quilos, muito cansaço muscular, sono e falta de concentração, tambem sentia muito frio… a iodoterapia foi em 17/04/18… senti 2 efeitos principais… descamação da pele de todo o corpo mesmo fazendo hidratação com cremes e queda de pelos… começou nas pernas… depois braços e sobrancelhas e agora meu cabelo que está caindo muito.

  • Sandra
    Responder

    Boa noite, tenho hipertireoidismo a cinco anos, tomo tapazol 10mg desde então e sentia insonia , aceleramento no coração, calafrios…
    Fiz iodoterapia 15mci líquido transparente em 4 de abril 2018 com a opinião e acompanhamento do endocrinologista e em meados de 10 de junho 2018 e comecei a sentir minhas pálpebras inchadas e derrepente fiquei toda inchada. Peso 42k e aumentei 5 só de inchaço o pior no rosto que está mais e estou até com dificuldade para enchergar, conversamos de novo e me disse pra procurar um oftalmo. Estou muito desapontada com tudo isso pois acreditei que seria melhor mais estou pior. Sinto cansaço imenso e me irrito fácil estou lenta e

  • Luciana bomfim
    Responder

    Fiz a iodo faz 1 mês nos primeiros dias não senti nada agora qse um mês meu pescoço inchou demais e estou com dificuldade de engolir … Sendo que foi o pescoço até os ombros não consigo nem tocar q dói .. estou bem. Sonolenta e desanimada .. isso é normal esse inchaço gde no pescoço ?

    • bioXtra
      Responder

      Oi, Luciana. Cada paciente reage de uma forma aos tratamentos, é indicado que a senhora procure pelo médico que esta acompanhando o caso para tirar dúvidas e dar início ao tratamento se for necessário. Torcemos por sua melhora!

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar