Qual a diferença entre pré-diabetes e diabetes? Veja! | bioXtra

Qual a diferença entre pré-diabetes e diabetes? Veja!

 em Diabetes

Qualifica-se com pré-diabetes a pessoa que apresenta sintomas de diabetes tipo 2, isto é, que está com os índices glicêmicos e de insulina elevados. O pré-diabetes é diagnosticado através de exames de sangue, além dos sinais do corpo, como no caso da pessoa obesa.

Aproximadamente 12% da população brasileira apresentam pré-diabetes e estão em risco para desenvolver o diabetes. Entretanto, mesmo que não esteja com os índices de glicose no sangue e resistência à insulina para ser considerado diabético, quem tem pré-diabetes está mais vulnerável a ser acometido por complicações cardíacas e outras doenças.

Será que tenho pré-diabetes?

Para diagnosticar a pré-diabetes, é importante fazer exames de sangue que verificam o nível de glicose no sangue. Porém, alguns sinais podem ser observados para evitar a doença e sua evolução. Procure cuidar-se melhor se você:

  • Está com sobrepeso
  • É sedentário
  • Tem histórico familiar de diabetes ou doença cardíaca
  • Tem mais de 45 anos de idade
  • Teve diabetes durante a gravidez
  • É hipertenso ou tem colesterol elevado
  • Deu à luz um bebê com quatro quilos ou mais
  • Teve outros distúrbios endócrinos, como ovários policísticos

Quem tem pré-diabetes vai ter diabetes?

A pessoa com pré-diabetes não será necessariamente diabética. O quadro de pré-diabetes pode ser revertido com mudanças no estilo de vida, diminuição do peso, alimentação balanceada e prática regular de exercícios físicos.

Desenvolver hábitos saudáveis pode preservar a função do pâncreas na produção de insulina, como também retardar e até impedir a evolução para o diabetes. Ressalta-se ainda que o ideal é ter acompanhamento profissional para atingir uma rotina com mais saúde e evitar a doença.

É importante ter, por exemplo, apoio médico, nutricional e psicológico, no período de mudança e realinhamento de hábitos, inclusive para ter confiança na mudança do quadro de pré-diabetes através de exames de rotina. Do contrário, a tendência é a pessoa sem acompanhamento profissional não ter disciplina para manter o estilo de vida adequado ao tratamento, mais importante até mesmo do que o uso de medicamentos de forma isolada.

Leia também:

Diabetes e boca seca andam juntas – entenda!

Clique aqui

Como evitar a evolução do pré-diabetes

O ponto principal para evitar o diabetes tipo 2 é atingir o peso na faixa ideal e praticar atividades físicas regulares. Veja algumas dicas para perder peso e fugir do sedentarismo:

  • Comece aos poucos. Substitua elevadores e escadas rolantes por escadas comuns e procure fazer curtas caminhadas durante o dia. Quando possível, substitua o carro por bicicleta e movimente-se quando estiver nos intervalos dos programas de televisão.
  • Faça algo de que goste. Não adianta fazer exercício físico por pura obrigação e, assim, aumentar o nível de estresse e outras complicações. Procure até encontrar uma atividade que lhe dê prazer, como um esporte em equipe ou correr com algum amigo que já faça isso.
  • Alimente-se corretamente. A alimentação saudável e balanceada inclui verduras, legumes, porções de carboidratos e proteínas. É importante também comer mais vezes durante o dia, em porções menores, e substituir bebidas calóricas por água e sucos naturais.

O cuidado com a saúde não só evita doenças, como também garante a maior qualidade de vida sua e das pessoas que estão ao seu redor. O que você tem feito pela sua saúde? Cuide mais de você a aproveite o que a vida tem de melhor!

Postagens Recentes
Comentários
  • Antônio Carlos de Medeiros
    Responder

    Minha glicose em jejum chegou 125 MDL após o café onde comi tapioca c farinha de maracujá,fiz novo teste baixou p 92 MDL por que será

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar