Ansiedade em idosos: entenda o transtorno e dicas de como lidar!

 em Ansiedade, Causas, Depressão, Dia a dia

Neste artigo falaremos mais sobre o transtorno de ansiedade em idosos, principais causas e tratamentos. Entenda mais sobre o assunto e saiba como lidar!

A ansiedade apesar de ser um sintoma normal inerente ao ser humano, quando em excesso pode se tornar um transtorno.

Dados da OMS apontam que cerca de 9,3% da população brasileira é afetada, sendo considerada também a desordem psicológica que mais cresce por ano.

Apesar de muito frequente em adolescentes e jovens adultos, pessoas de todas as idades podem sofrer com os sintomas físicos e psicológicos da condição.

Estima-se que 5% dos adultos acima de 65 anos sejam afetados.

Principais causas de ansiedade em idosos

A ansiedade em idosos na grande parte dos casos é associada a uma das 3 condições abaixo, entenda!

Traumas do passado

Situações e lembranças podem desencadear sentimentos negativos e os sintomas da ansiedade.

Diversas vezes esses traumas ficaram “adormecidos” por muitos anos sem tratamento correto e por isso vem a tona em um momento como a velhice.

Fobias

O medo ou perturbação irracional sobre um assunto pode ser um dos motivos que desencadeiam a ansiedade em idosos.

As fobias podem ser generalizadas, focadas em um trauma ou assunto popular, como por exemplo: a violência noticiada nos veículos de comunicação relacionada ao medo de sair de casa.

Transtorno Compulsivo Obsessivo

Como o próprio nome já diz, o TOC gera pensamentos obcecados, recorrentes e comportamentos repetitivos. A condição é diretamente relacionada com o medo, quem sofre com o TOC acredita que algo muito ruim irá acontecer caso não realize os atos insistentes.

Principais sintomas de ansiedade em idosos

O transtorno pode desencadear combinações de sintomas diferentes em cada pessoa. Veja abaixo os sintomas psicológicos e físicos do transtorno de ansiedade.

Sintomas físicos

  • Boca seca;
  • Tontura;
  • Tremores em momentos de crise;
  • Aumento de suor, principalmente nos pés e nas mãos;
  • Tensão que gera dores musculares;
  • Enjoos frequentes.

Sintomas psicológicos

  • Descontrole de pensamentos;
  • Medo irracional;
  • Crises de choro;
  • Angústia;
  • Dificuldade para dormir;
  • Alta irritabilidade.

Além dos sintomas citados acima é muito comum os idosos que sofrem com a ansiedade também sofrem de fobia social e depressão.

As condições costumam estar diretamente atreladas e gerar diversos desconfortos e complicações na rotina.

Como tratar a ansiedade em idosos

Os transtornos de ansiedade que afetam adultos com mais de 65 anos costumam durar muitos anos na fase latente, por isso é importante agir em diferentes frentes para solucionar o transtorno. Desta forma, veja diferentes abordagens para tratar a ansiedade em idosos.

Apoio emocional

O paciente pode se sentir extremamente frágil e desamparado no momento. É importante oferecer apoio emocional e incentivar os tratamentos para pessoa se sentir melhor.

Idosos muitas vezes passam longos períodos sozinhos ou longes da família. Buscar aproximar o contato pode ser uma forma da pessoa se sentir mais acolhida.

Terapias

As terapias ocupacionais costumam ter excelentes resultados em idosos com ansiedade. Elas normalmente são feitas em grupo e ocupam a cabeça e o tempo. Promovendo mudança nos padrões de pensamento, desopilando o medo e a angústia.

A terapia comportamental pode ser interessante para falar sobre os sentimentos e sintomas da ansiedade. Além de ter um bom resultado a longo prazo.

Atividade física

Durante atividades físicas o corpo libera serotonina, que é um hormônio que proporciona a sensação de prazer e bem estar. Criar este hábito pode ser um ótimo auxílio para tratar a ansiedade em idosos.

São recomendadas atividades de baixo impacto e leves, como:

  • Caminhadas;
  • Hidroginástica;
  • Dança;
  • Alongamento;
  • Musculação.

Alimentação

Alterações no apetite são normais para quem sofre de ansiedade. Por isso cuidar da alimentação de idosos é fundamental para manter o corpo e a mente saudáveis. Alguns compostos tem influência direta nos hormônios de bem estar.

Para acessar a lista completa de alimentos que ajudam no tratamento contra ansiedade, clique: DESCUBRA 10 ALIMENTOS QUE AJUDAM A CONTROLAR A ANSIEDADE!

Conhece algum idoso que sofre com ansiedade? Compartilhe o relato nos comentários e compartilhe para seus amigos nas redes sociais!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Líquen planopitiríase