fbpx

Bulimia e saúde bucal: entenda a relação!

 em Ansiedade, Boca seca, Dia a dia

Transtorno alimentar que pode afetar todo o corpo com sintomas leves ou até consequências maiores. Entenda neste artigo a relação entre bulimia e saúde bucal!

A bulimia é um distúrbio que leva pessoas a estarem sempre preocupadas com a aparência do corpo e principalmente com o peso apresentado na balança. Pacientes com essa condição, podem oscilar entre abusar e se alimentar exageradamente e logo após apresentar desespero, chegando a provocar vômitos ou utilizar medicação laxante, sempre com o objetivo de impedir o ganho de peso. 

Por se tratar de um transtorno de alimentação, a causa depende de cada pessoa, das influências negativas, cobranças e traumas. Na grande parte dos casos, a ideia de um único padrão de beleza e comportamento pregado pela mídia é o maior influenciador. 

Crianças e adolescentes crescem com a ideia de que ter um corpo bonito é igual a ter um corpo magro. Além de verem constantemente mulheres e homens acima do peso com estigmas ruins, como se a pessoa não fosse boa o suficiente pelo formato do seu corpo.  

Sintomas da Bulimia

  • Medo constante de ganhar peso;
  • Perder o controle do que come;
  • Preocupação excessiva com a silhueta;
  • Preocupação excessiva com o peso;
  • Comer até sentir dores;
  • Forçar vômito após se alimentar;
  • Fazer uso de diuréticos e laxantes sem receita;
  • Fazer uso de suplementos para perda de peso;
  • Sempre ir ao banheiro após as refeições. 

Infelizmente, a bulimia é muito comum e conta com mais de 2 milhões de novos casos por ano no Brasil!

Como envolve questões complexas, ela necessita de uma abordagem com médicos de diversas especialidade, envolvendo psiquiatras, psicólogos e nutricionistas. Entretanto, são os dentistas que podem identificar os primeiros sintomas desse tipo de comportamento.

Bulimia X saúde bucal

Em grande parte dos casos, o paciente que está sofrendo com esse transtorno alimentar não quer falar diretamente do assunto, mas acaba procurando o dentista para tratar dos problemas bucais que a bulimia causa. É nesse momento que o dentista deve estar atento para perceber.

O dentista deve ligar o alerta quando encontrar o paciente com os seguintes sintomas:

  • Dor aguda ao comer doces ou alimentos gelados;
  • Dor aguda ao escovar os dentes;
  • Alto desgaste do esmalte dentário;
  • Queixa de boca seca ou pegajosa;
  • Aumento repentino de salivação;
  • Cáries frequentes;
  • Doença periodontal;
  • Trauma na faringe. 

Isso tudo acontece porque quem sofre com a bulimia, costuma ter compulsão por comida ingerindo grande quantidade de alimentos, muitas vezes calóricos. Para piorar, depois disso, elas sofrem uma crise de consciência e forçam o vômito ou tomam laxantes para “voltarem a ser magras”. Esse mix de alimentos, remédios e vômitos prejudicam demais a cavidade bucal.

Tratamentos indicados 

O dentista preparado que se depara com um quadro de desgaste pronunciado dos dentes pode reconhecer os aspectos odontológicos e identificar a condição. É recomendado que o paciente seja recomendado já no consultório para se consultar com um psicólogo, psiquiatra e nutricionista para tratar de fato a doença. 

No atendimento do dentista, é importante frisar a gravidade da condição dos dentes, já que o processo de erosão do esmalte é irreversível. Além disso, pacientes com a sensação de boca seca devem utilizar os produtos bioXtra para umidificar a proteger a região de bactérias e perdas maiores. 

A Saliva Artificial (Gel Oral) deve ser aplicada nas gengivas e bochechas para alívio dos desconfortos. Com textura viscosa e densa, proporciona conforto duradouro.

Para pacientes que passam longos períodos fora de casa ou para manutenção da hidratação durante o dia de forma prática, é recomendado o uso do Spray Oral bioXtra. Ele deve ser pulverizado quantas vezes achar necessário.

Aprendeu com este artigo? Compartilhe com seus amigos e ajude na conscientização da bulimia!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

câncer e saúde bucalovario-policistico