fbpx

COMO AS BACTÉRIAS DA BOCA PODEM PREJUDICAR OS PULMÕES? ENTENDA ESTE PERIGO!

 em Sem categoria

Você sabia que bactérias da boca podem prejudicar seus pulmões? Essa é uma verdade, pois uma má saúde bucal pode ser um fator de risco para manifestações de doenças respiratórias, incluindo a doença pulmonar obstrutiva crônica – DPOC e a pneumonia.

Bactérias presentes no periodonto têm sido apontadas como agentes importantes no que diz respeito a fatores de risco para doenças, incluindo doenças respiratórias. Essa hipótese foi apoiada principalmente por estudos de pacientes em tratamento em unidades de terapia intensiva – UTI.

Nesse artigo vamos entender essa relação, como ela acontece, quais as principais consequências e como tratá-las.

O QUE É DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA – DPOC?

A doença pulmonar obstrutiva crônica – DPOC, é caracterizada pela obstrução das vias aéreas devido à bronquite crônica e/ou enfisema.

  1.   A bronquite crônica é uma condição inflamatória associada com a produção de muco que causa tosse com expectoração por no mínimo três meses ao ano, por dois ou três anos.
  2.   O enfisema pulmonar como sendo uma doença que destrói as paredes alveolares pulmonares, com ampliações anormais dos espaços aéreos para o bronquíolo terminal, possui características de uma doença inflamatória.

Normalmente, os pacientes são diagnosticados após os 40 anos de idade e, como os sintomas se desenvolvem lentamente, muitas vezes são confundidos com outros problemas de saúde.

Os sintomas compreendem tosse excessiva, cuspir muco anormal, falta de ar contínua e função pulmonar limitada. Os casos graves podem ser complicados por perda ponderal, pneumotórax, insuficiência cardíaca direita e/ou insuficiência respiratória aguda ou crônica.

O diagnóstico baseia-se na história, no exame físico, na radiografia do tórax e nos testes de função pulmonar.

O QUE É PNEUMONIA?

A pneumonia pode ser definida como uma infecção pulmonar, causada por fungos, vírus, infecção parasitária ou bacteriana e que se inicia através de colonização da cavidade oral e da mucosa da faringe.

Isso acontece pela aspiração desses microrganismos pelo trato aéreo inferior e/ou pelo fracasso dos mecanismos de defesa do hospedeiro.

A pneumonia bacteriana pode ser classificada como pneumonia adquirida na comunidade ou hospitalar também conhecida com pneumonia nosocomial.

A pneumonia adquirida na comunidade é causada tipicamente pela aspiração de bactérias que normalmente residem na orofaringe, como Streptococcus pneumoniae. Já pneumonia nosocomial acomete principalmente indivíduos institucionalizados, como pacientes de Unidades de terapias intensivas – UTIs.

COMO ISSO ACONTECE?

A doença periodontal ocorre com maior frequência em pacientes adultos e, da mesma forma, a doença pulmonar atinge em maior porcentagem pacientes com idades mais avançadas.

A cavidade oral foi considerada por muito tempo um potencial reservatório de patógenos respiratórios.

As infecções podem acontecer das seguintes formas:

  1. a) a aspiração pelo pulmão de patógenos orais capazes de causar pneumonia;
  2. b) a colonização da placa dentária por patógenos respiratórios seguida da aspiração;
  3. c) a facilidade da colonização dos patógenos periodontais na via aérea superior;

A composição bacteriana oral dos idosos tendem a se modificar frente a uma má higiene oral e a possíveis infecções bucais, como gengivite e periodontite. Assim, existe uma elevada incidência e a maior gravidade das infecções orais em idosos.

COMO MANTENHO MINHA BOCA SAUDÁVEL?

Disbiose é um termo usado para descrever um desequilíbrio microbiano e pode ser aplicado à boca. Embora muitos de nossos micróbios sejam necessários para digestão, para combater outras bactérias e manter a saúde geral da boca, essas populações devem ser equilibradas.

As bactérias causadoras da doença cárie e das doenças gengivais tendem a se alimentar e se prolifera quando recebem fontes de alimentos como açúcar e amido simples.

Por esse motivo, as maneiras mais simples de manter uma boa saúde bucal são:

  1.   limitando a quantidade de açúcar que você consome.
  2.   escovar os dentes, após as refeições;
  3.   fazer uso do fio dental, pelo menos uma vez por dia;
  4.   Não esquecer de higienizar bem a íngua, fazendo uso do raspador lingual;
  5.   Visitar seu dentista regularmente;

Você deve visitar o dentista a cada seis meses para uma limpeza e verificação para garantir que tudo esteja na sua boca. Se já faz algum tempo desde o seu último compromisso, agende um imediatamente.

TRATAMENTO

Tanto a DPOC quando a pneumonia possui tratamento, que feito da forma correta, algumas complicações podem ser evitadas.

O tempo de recuperação pode variar conforme o estado de saúde da pessoa antes de ser diagnosticada. Uma pessoa jovem e saudável geralmente responde melhor ao tratamento, voltando às atividades normais.

 

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar