Descubra o que é ataxia, sintomas, causas e tratamento!

 em Câncer, Dia a dia

Condição física degenerativa grave, a ataxia afeta todo o corpo. Entenda os sintomas, causas principais, tratamento indicado e prognóstico!

Descrita como uma perda muscular dos movimentos voluntários com controle, a ataxia pode afetar todos os movimentos do corpo e mudar completamente o estilo de vida e capacidade do paciente. A condição também afeta o sistema nervoso que controla o equilíbrio do corpo. 

A etimologia da palavra já é o próprio descritivo da condição, já que o prefixo “a” é significado de negação e “taxis” é do grego, o que significa sem coordenação. 

Com poucos casos diagnosticados por ano, ataxia é considerada uma doença rara que  pode se desenvolver de forma silenciosa ao longo dos anos, com sintomas confusos e isolados, mas pode surgir subitamente e escalonar os sintomas rapidamente. 

Quais são os principais sintomas?

  • Dificuldade na deglutição;
  • Dificuldade na fala 
  • Dificuldade de andar em linha reta; 
  • Falta de coordenação motora, mais grave quando a atividade precisa de precisão (segurar talheres, fechar botões, escrever);
  • Nistagmo (movimento involuntário dos olhos).

Tipos de Ataxia

Muitas situações podem ser causadores em potencial da ataxia, porém, é importante entender que elas são divididas em categorias já que existem dois grandes grupos. 

Ataxia adquirida

Pacientes com esse tipo da condição não carregam nenhum componente genético que cause ataxia por si só. A ataxia adquirida costuma ser causada por disfunções do sistema neuroimunológico(como doenças autoimunes, degenerativas e esclerose múltipla). Além de estar diretamente relacionada a intoxicação por metais pesados e abuso de drogas ou álcool. 

Ataxia hereditária

Podendo ser autossômicas recessivas ou dominantes, a ataxia hereditária é herdada diretamente dos pais biológicos. As doenças hereditárias são conjuntos de doenças transmitidas de geração em geração que tem altas chances de se manifestar em algum ponto da vida. 

Causas mais recorrentes da Ataxia

Como já foi dito anteriormente, a ataxia tem relação direta com o sistema nervoso, sendo assim, qualquer tipo de degeneração, perda ou dano nas células do cerebelo resulta na condição. 

Em casos de ataxia adquirida as causas mais comuns são:

  • Paralisia cerebral;
  • Acidente Vascular Cerebral (AVC);
  • Traumatismo craniano;
  • Câncer;
  • Intoxicação por solventes;
  • Ataque isquêmico transitório;
  • Intoxicação por metais pesados, como chumbo ou mercúrio;
  • Deficiencia de vitamina B12 e/ou vitamina E.

O diagnóstico e acompanhamento da ataxia deve ser feito com o clínico geral e com neurologista. Estas são as especialidades médicas capazes de solicitar os exames necessários em um primeiro momento e apontar os tratamentos eficazes.

Na maioria dos casos são solicitados exames de sangue genéticos para descartar ou confirmar a ataxia hereditária, ressonância magnética do cérebro e punção lombar para coletar líquido cefalorraquidiano para análise laboratorial. 

Tratamento para ataxia

Atualmente ainda não existe cura para ataxia. O tratamento é sintomático e sua função é retardar o processo de evolução do distúrbio, melhorando a qualidade de vida do paciente. 

Com uma equipe médica interdisciplinar composta por fisioterapeutas, fonoaudiólogos, oftalmologista, psicólogo, nutricionista e neurologista, o paciente tem maiores chances de conseguir ter maior independência e autonomia para se locomover e se comunicar.

Em casos graves, existe um tratamento inovador com aplicação de botox para diminuir a rigidez e contração muscular que a longo prazo compromete a mobilidade física do paciente. 

Conhece alguém que sofre com ataxia? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e deixe seu relato nos comentários!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

insonia fatalsindrome do tunel do carpo