fbpx

Doença celíaca e boca seca, entenda a relação!

 em Boca seca

Pessoas intolerantes ou sensíveis ao glúten costumam sentir a boca seca com frequência. Entenda neste artigo a relação entre doença celíaca e boca seca!

Causada pela intolerância ao glúten, proteína encontrada no trigo, aveia, cevada, centeio e todos os derivados. A doença celíaca é uma condição autoimune e crônica, que afeta o intestino, principalmente o delgado de pessoas de todas as idades. 

Quimicamente falando, o glúten é uma proteína de tamanho grande, formada em sua base por duas proteínas menores, gliadina e glutenina. No dia a dia, alimentos comuns tem glúten, o que afeta bastante a rotina do paciente com intolerância, veja alguns deles:

  • Pão e torrada;
  • Pizza;
  • Cerveja;
  • Molhos como ketchup, shoyo e maionese;
  • Temperos industrializados;
  • Barrinha de cereal;
  • Remédios.

A doença é comum, e tem mais 150 mil novos casos diagnosticados por ano. A doença celíaca nem sempre é a total intolerância, existem muitos casos com apenas sensibilidade ao glúten ou ao trigo. O nível de intolerância é muito variável, com alguns pacientes tendo sintomas mais graves e outros com reações mais leves. Ao contrário da doença celíaca, a sensibilidade ao glúten não danifica o intestino delgado.

Principais sintomas da Doença Celíaca

  • Dores abdominais frequentes;
  • Diarreia;
  • Anemia;
  • Alterações no peso;
  • Náuseas frequentes;
  • Gases;
  • Ânsia de vômito. 

Apesar da consequência maior da doença ser no intestino, engana-se quem pensa que os sintomas são somente gastrointestinais. Estima-se que mais da metade dos celíacos tem sintomas que não são do sistema digestivo. Os sintomas da condição podem ser sentidos em todo o corpo, tais como:

  • Lesões bolhosas na pele (dermatite herpetiforme);
  • Lesões na boca (aftas, bolhas, bolinhas);
  • Formigamento nos pés e nas mãos;
  • Dores nas articulações;
  • Cansaço;
  • Menstruação com intervalos e duração irregular;
  • Alterações de humor;
  • Queda de cabelo e pelos.

Crianças com doença celíaca podem apresentar dificuldades no crescimento e deve passar por acompanhamento mais detalhado do pediatra. 

Relação da doença celíaca com a boca seca

Existe uma constante reclamação dos celíacos com incômodos bucais, tanto em casos de intolerância, quanto em casos de sensibilidade. A boca seca é o sintoma mais frequente associado à condição. 

A boca seca tem consequências maiores a longo prazo se não tratada.A baixa produção de saliva dificulta a fala e a deglutição, além de deixar os dentes expostos a bactérias nocivas. Pacientes com boca seca podem sofrer com infecções frequentes na mucosa oral, cáries, mucosite, mau hálito e até a periodontite. 

Os celíacos podem ter complicações graves na região da boca, se não evitarem a ingestão do glúten. Ainda que sejam efeitos menos comuns, a doença celíaca pode gerar:

Afta na língua e nas bochechas

As aftas aparecem nas mucosas orais, como nas bochechas e no céu da boca. O desenvolvimento de aftas pode dificultar a fala e a no momento da alimentação.

As aftas somem sozinhas, mas podem reaparecer com maior frequência em pacientes celíacos. 

Alterações no esmalte

A doença celíaca pode gerar a descoloração ou o desenvolvimento precário do esmalte dos dentes. Os dentes com defeitos no esmalte têm pontos em tons marrons, amarelos ou até esbranquiçados. Já o esmalte com má formação é encaroçado ou listrado, e os dentes se apresentam mais transluzentes.

As falhas no esmalte dentário ocasionadas pelo problema com o glúten não têm cura. Logo, essas imperfeições não vão desaparecer mesmo que a pessoa celíaca elimine o glúten da dieta. A solução para essa condição serão os adesivos dentais, também prescritos pelos dentistas.

Como evitar a boca seca? 

O uso de repositores salivares é amplamente recomendado em todos os casos pois não tem grandes contra indicações. Os produtos bioXtra para bocas secas aliviam os incômodos e ajudam o paciente a ter uma melhor qualidade de vida com os 4 produtos disponíveis: creme dental, enxaguatório, spray e gel oral.

Usados em momentos diferentes do dia, os 4 produtos bioXtra se encaixam na rotina de cada paciente. Com enzimas idênticas as da saliva natural, o repositor salivar bioXtra mantém a hidratação da boca por mais tempo até precisar ser reaplicado.

Conhece alguém que tem doença celíaca, sente a boca boca seca e não sabe como resolver? Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais e deixe seu relato abaixo!

 

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

disfagiacâncer e saúde bucal