Fenômeno de Raynaud: tudo que você precisa saber!

 em Causas, Dia a dia, Tratamento

Doença arterial que tem seus principais sintomas nos membros periféricos. Leia tudo que você precisa saber sobre o fenômeno de Raynaud neste artigo!

Causado pelo estreitamento dos vasos sanguíneos e artérias, o fenômeno de Raynaud causa diminuição do oxigênio nos vasos sanguíneos da pele, diminuição do fluxo de sangue e o manchas roxas no local.

Mais comum nos dedos, a isquemia também pode ser visível em outras partes expostas do corpo, e deixa a pele do paciente pálida e fria.

As alterações visíveis, como a coloração arroxeada acontece em situações de exposição ao frio ou estresse. Além da sensação de formigamento ou amortecimento do local.

Afetando aproximadamente 15% da população mundial, a síndrome de Raynaud é uma condição frequente. Sendo mais comum em mulheres, jovens (a partir de 14 anos) e entre pessoas da mesma família.  

O quadro clínico da doença se divide em dois grandes estágios, primário e secundário. Continue lendo para entender!

Fenômeno de Raynaud primária

Abrange mais de 60% dos casos da síndrome e costuma ser mais comum em mulheres de 15 a 40 anos. A condição primária da doença é mais branda e causa incômodos apenas pela exposição ao frio e alterações do sistema nervoso.

Fenômeno de Raynaud secundária

Já a síndrome de Raynaud secundária é associada a outras doenças que causam lesões em artérias. Pode estar associada a doenças como:

Além disso, alguns medicamentos que afinam os vasos sanguíneos podem agravar o fenômeno e causar enxaquecas, dores no peito e a hipertensão pulmonar.

Sem o tratamento correto, as extremidades afetadas podem gangrenar.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico para o fenômeno de Raynaud é feito clinicamente. A ultrassonografia com Doppler deve ser feita antes e depois do paciente se expor ao frio. Além disso, devem ser feitos exames de sangue para fechar o diagnóstico da doença.

A condição clínica deve ser tratada por um grupo médico de diversas especialidades como reumatologista, dermatologista e clínico geral para ter um resultado rápido e duradouro.

Quem sofre com a síndrome de Raynaud deve ter como prática principal proteger sempre a pele do frio. Pacientes fumantes devem suspender o costume pois a nicotina afina ainda mais os vasos sanguíneos.

A medicação para tratamento da síndrome deve ser feita com bloqueadores dos canais de cálcio do corpo. Em casos que os tratamentos não tem efeitos positivos e comece a prejudicar os movimentos do paciente é necessária a simpatectomia, que nada mais é do que bloquear ou cortar certos nervos.

Quem sofre com o fenômeno de Raynaud secundário deve tratar o distúrbio causador com a especialidade médica responsável.

É portador ou conhece alguém que tem o fenômeno de Raynaud? Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais e deixe o relato abaixo. Adoramos ler as histórias de nossos curtidores e clientes!

Para encontrar um revendedor bioXtra perto de você, busque com seu CEP clicando no botão abaixo!

Onde Comprar

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Ansiedade generalizada tem curaHipersialia x boca seca como tratar