fbpx

Feridas na boca podem ser perigosas, esteja atento!

 em Boca seca

Pequenos machucados, aftas com ou sem sangramentos podem ser sinal de problemas graves. Esteja sempre atento as feridas na boca e previna-se!

Uma ferida na boca pode parecer inofensiva e por isso muitos pacientes não buscam o profissional em um primeiro momento. Na maioria dos casos, estas lesões desaparecem em cerca de 7 a 10 dias. Em situações mais complicadas pode ser necessário tratamento com medicação via oral (antibióticos, corticóides ou imunossupressores).

Bolhas, feridas avermelhadas e aftas podem ser as lesões que afetam a saúde bucal. Como, muitas vezes, os problemas podem ter sintomas parecidos, é importante conhecer os mais comuns para procurar o tratamento adequado.

Quando a ferida na boca surge, é necessário procurar atendimento do médico ou dentista, para que possam avaliar as características da lesão e identificar o motivo da alteração. Casos mais raros, também podem indicar situações mais graves como:

  • Líquen plano;
  • Sífilis;
  • Lúpus;
  • Herpes labial;
  • Candidíase bucal
  • Câncer de cabeça e pescoço. 

Esses pequenos incômodos também podem ser uma reação ao tratamento de quimioterapia ou radioterapia.

Feridas na boca e Mucosite

A mucosite é um conjunto de reações biológicas do corpo que se manifesta diretamente na boca e garganta, com micro-organismos como fungos e bactérias. Os principais sintomas são dores no local e reflexos na saúde. 

Por mais que exista colônia bacteriana em alguns casos de mucosite, ela não é considerada uma doença infecciosa. A primeira manifestação costuma ser esbranquiçamento das mucosas orais, até surgirem grandes úlceras que atrapalham na alimentação do paciente, dificultam a fala e a deglutição.

Feridas na boca e Câncer 

Condição bastante comum em pacientes vítimas do câncer de cabeça e pescoço, a mucosite oral é consequência das inflamações locais mas também pode ser causada por medicamentos antineoplásicos, pelos tratamentos de radioterapia e quimioterapia dos tumores.

As feridas na cavidade oral que não cicatrizam, o aparecimento frequente de aftas e rouquidão por mais de duas semanas também podem servir como alerta e indicar a presença de câncer de cabeça e pescoço.

Como cuidar das feridas? 

A escova ideal deve ser ultra macia para limpar sem ferir, além de retirar os restos alimentares. Com 12 mil filamentos, a Special Care da TePe é perfeita para a higiene bucal de pacientes com feridas na cavidade oral, já não machuca em nada a mucosa. 

Para a hidratação da mucosa oral, é recomendado que o paciente utilize produtos direcionados para boca sensível. O gel oral bioXtra tem textura viscosa para manter a hidratação por horas a fio e enzimas idênticas as da saliva natural. Além de melhorar no conforto a saliva artificial ajuda na saúde dos seus dentes e da sua boca!

Para hidratação ser aplicada várias vezes ao dia de forma prática, sugerimos o uso do Spray Oral bioXtra para ficar sempre com você e evitar desconfortos. 

É importante pensar também em utilizar um creme dental menos abrasivo para a escovação. É indicado o Creme dental bioXtra, que é livre de lauril sulfato de sódio, livre de sal, de aromas fortes e de açúcar. 

Gostou deste artigo? Compartilhe nas suas redes sociais e ajude seus amigos a cuidar bem da saúde bucal!

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

cigarro e xerostomia