Insônia fatal: descubra o que é, e os principais sintomas

 em Dia a dia

Condição que impede a pessoa de dormir ou manter o sono. Descubra neste artigo o que é a insônia fatal, os principais sintomas e se existe tratamento!

Doença neurodegenerativa extremamente rara que tem como maior sintoma o a piora progressiva da insônia até a perda total do sono e capacidade de dormir. A insônia fatal é uma condição rara familiar que diminui rapidamente os neurônios no tálamo, principal responsável por controlar o ciclo de sono e vigília do organismo. 

A insônia fatal não tem predileção de sexo, raça ou região do mundo. A janela do grupo de risco é grande e pode começar no final dos 20 anos e vai até os 70 anos de idade, a média é 40 anos. 

Tipos de insônia fatal

Essa condição pode ser dividida em duas categorias que diferem pelo meio de desenvolvimento individual e histórico familiar. Veja abaixo:

Insônia familiar fatal

Essa forma da doença é herdada, o que quer dizer que ela é transmitida entre gerações e que vai se manifestar em algum momento da vida. Nesses casos a condição se desenvolve a partir de uma mutação específica no gene para uma proteína normal, a PrPC (proteína príon celular). 

Insônia fatal esporádica

Essa forma da doença ainda não tem explicação científica, já que não existem membros da família com a doença e nem ocorre mutação genética. 

Insônia fatal tem cura?

Atualmente ainda não existe tratamentos para evitar o avanço da doença e nem chances de cura. Porém, existem tratamentos personalizados para aumentar a qualidade de vida e conforto dos pacientes, como por exemplo o tratamento com médicos especialistas em distúrbios do sono.

Como uma doença degenerativa sem cura, a insônia fatal tem aumento progressivo dos sintomas até a morte. O tempo de vida estimado de pacientes com insônia familiar fatal é de sete meses até aproximadamente 6 anos após o início dos sintomas. Já nos casos de insônia fatal esporádica, a expectativa de vida é um pouco maior. 

Sintomas da insônia fatal

Na insônia familiar fatal os principais sintomas são:

  • Dificuldade em conciliar e manter o sono;
  • Espasmos musculares;
  • Rigidez muscular;
  • Perturbações noturnas;
  • Perda dos movimentos voluntários (ataxia);
  • Alta frequência cardíaca;
  • Pressão alta;
  • Suor excessivo.

Na insônia fatal esporádica os principais sintomas são:

  • Rápido declínio na função mental;
  • Perda de coordenação motora;
  • Anormalidades no sono.

Como uma doença neurodegenerativa, a insônia fatal se desenvolve e ao longo do tempo seus sintomas não permitem mais que a pessoa viva, por isso é tratada como fatal. Os sintomas relatados podem começar como pontuais e se tornarem a vida inteira do paciente, já que cada vez existirão menos neurônios no tálamo, levando a insônia ao máximo. 

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude na divulgação de uma condição rara! 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

saude bucal de idososataxia