fbpx

 Quem é o dentista estomatologista? Entenda mais sobre esta especialidade, e como ele pode te ajudar!

 em Dia a dia

Um dentista estomatologista tem formação na especialidade de estomatologia, cujo foco principal é prevenir, diagnosticar e tratar doenças, e qualquer manifestação bucal ou que ocorra no aparelho estomagnático.

O profissional especialista em estomatologia, portanto, vai muito mais afundo que qualquer dentista no tratamento de toda a boca e estruturas anexas.

Esse artigo foi criado justamente para falar sobre esse profissional tão necessário dentro da odontologia.

Quer saber tudo sobre assunto? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final!

O que faz um dentista estomatologista?

O dentista estomatologista é responsável pelo tratamento de doenças relacionadas com toda a boca e regiões anexas, incluindo lábios, dentes, mucosa oral, tonsilas palatinas e tonsilas faríngeas, mucosa oral e outras estruturas.

Além disso, o profissional ainda é responsável por detectar doenças sistêmicas que possam vir a ter um reflexo na boca, ocasionando, por exemplo, lesões inchaço ou vermelidão.

Isso significa que a atuação dele é muito mais ampla do que a de dentistas sem essa especialização, conseguindo por meio de exames clínicos e anamnese detalhada diagnosticar e tratar inúmeras doenças bucais.

O dentista estomatologista, aliás, é o responsável por acompanhar os pacientes oncológicos, com o objetivo de reduzir os sintomas dos efeitos colaterais ocasionados pelos tratamentos, como a quimioterapia e a radioterapia.

O estomatologista tem o intuito de diagnosticar doenças precocemente

Um dos objetivos principais de qualquer dentista estomatologista é buscar fazer o diagnóstico de forma precoce de qualquer anormalidade presente na boca e estruturas anexas.

Esse diagnóstico precoce é primordial para que seja possível determinar as melhores terapias para tratamento de um eventual problema.

Por isso mesmo é importante que as pessoas estejam atentas à própria boca e possam realizar, constantemente, um autoexame para que assim possam notar qualquer mudança ou anormalidade que valha a pena investigar mais a fundo.

Sempre que você identificar qualquer sinal ou sintoma que possa indicar algum problema, por menor que seja, na sua boca (gengiva, dentes, bochecha, etc.), busque o quanto antes um dentista estomatologista.

Fique atento aos sinais na sua boca!

Como dito anteriormente, realizar o autoexame bucal é extremamente importante para que seja possível a qualquer pessoa perceber, o quanto antes, qualquer mudança ou alteração na região oral.

A maior parte das pessoas ainda não tem esse hábito, entretanto, ele é essencial para manter uma boa saúde bucal.

O autoexame bucal inclui buscar por férias ou úlceras que possam vir a ser encontradas na boca, gengiva ou língua. Feridas podem ser indicação de um problema mais sério ou até mesmo de uma doença sistêmica.

A indicação é: Ao notar qualquer dessas alterações, buquer por um dentista estomatologista o quanto antes, assim garantindo um diagnóstico e um tratamento mais eficiente.

Para te ajudar ainda mais, fizemos uma lista de sintomas que você deve ficar atento:

  • Boca seca (xerostomia) ou sede em excesso
  • Alteração na coloração das mucosas da boca
  • Lábios descamando de maneira constante
  • Candidíase de repetição (quando surge várias vezes, continuamente)
  • Sangramentos nas gengivas
  • Descamação nas gengivas
  • Alterações no paladar (como a ageusia, a disgeusia, e a hipogeusia)
  • Cáries de repetição
  • Aftas frequentes (e que demoram a desaparecer)
  • Herpes frequente
  • Feridas ou lesões na boca (língua, gengiva, bochecha, palato ou céu da boca)
  • Língua com coloração branca
  • Dor
  • Ardência (principalmente ao mastigar ou falar)
  • Mucosite (inflamação com úlceras e feridas), que é muito frequente em pacientes oncológicos em tratamento

Os pacientes que estão em tratamento contra o câncer, principalmente a quimioterapia e a radioterapia, são aqueles que devem ficar mais atentos a alterações bucais, já que estão em maior risco.

Eles precisam procurar o quanto antes um dentista estomatologista para que possam prevenir e tratar de maneira precoce qualquer problema que surja por conta dos efeitos colaterais dos tratamentos oncológicos.

Conclusão

Como você viu, o dentista estomatologista é um profissional responsável pelo tratamento de toda a região bucal e estruturas anexas, diagnosticando e tratando os problemas que surgem nos pacientes.

Neste texto, mostramos a você um pouco mais sobre essa profissão, além disso demos dicas sobre as alterações bucais mais comuns que as pessoas devem ficar atentas para buscar auxílio desses profissionais o quanto antes.

Aquelas que estão em tratamento oncológico, como visto, devem ficar ainda mais atentos para garantir não sofrerão com agravamento de efeitos colaterais da radio e quimio terapia.

Gostou do artigo de hoje sobre o que é o dentista estomatologista?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

 

 

 

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

cigarro e xerostomia