fbpx

Sabe o que é vasculite? Leia e descubra neste artigo!

 em Dia a dia, Síndrome de Sjögren, Tratamento

Condição vascular que pode causar graves riscos a saúde. Citaremos as causas, sintomas, diagnóstico e tratamento neste artigo!

A vasculite nada mais é do que a inflamação dos vasos sanguíneos que causam mudanças nas paredes condutoras. O termo é abrangente e pode ser usado para denominar diversas doenças que tem como um dos sintomas as inflamações ou necroses nos vasos, tais condições podem ter diversas manifestações clínicas. 

Considerada uma doença rara, a vasculite apresenta no Brasil menos de 150 mil casos por ano. E costuma afetar com maior frequência pacientes portadores de doenças autoimunes como lúpus, síndrome de Sjögren e artrite reumatóide, pacientes oncológicos ou com reações alérgicas a medicamentos.

A vasculite pode ser diagnosticada de forma isolada e de forma secundária, quando está atrelada a outra doença. Nos casos isolados sua causa é a agressão direta dos vasos sanguíneos e tem causa desconhecida. 

Principais sintomas da vasculite

Os sintomas da vasculite variam de acordo com a doença que é associada, o que pode gerar um quadro clínico que combine todos ou apenas alguns dos sintomas abaixo:

  • Pressão baixa;
  • Retenção de líquido;
  • Dormência e formigamentos;
  • Perda de apetite;
  • Confusão mental;
  • Fadiga;
  • Lesões na pele ou úlceras cutâneas;
  • Suor noturno;
  • Dores das articulações;
  • Dor nos músculos;
  • Febre de origem desconhecida;
  • Mal-estar.

Em casos mais graves é comum a necrose parcial ou total de partes do corpo, sendo mais comuns nos dedos. 

É importante considerar também que os sintomas estão diretamente ligados aos vasos que a vasculite afeta no paciente. 

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico costuma ser demorado e difícil, já que requer diversos exames e tem evolução lenta. Um dos fatores mais determinantes no primeiro momento é avaliar o histórico do paciente, sintomas, exames específicos de sangue.

No entanto, a distinção entre as diferentes formas da doença é fundamental para orientar o tratamento. Para tanto, é preciso levar em conta a história do paciente, os sintomas, uma avaliação clínica minuciosa e o resultado de exames específicos de sangue e de imagem. A biópsia dos tecidos e órgãos acometidos pela doença é um recurso indispensável para esclarecer o diagnóstico.

Conhece alguém que já teve vasculite? Marque seus amigos nos comentários ou compartilhe nas redes sociais e nos ajude na conscientização dos riscos!

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

doença de Creutzfeldt-Jakobmao alienigena