fbpx

Saiba como amenizar os problemas bucais causados pelos tratamentos para o câncer.

 em Câncer

As mucosas sofrem diversas alterações com os tratamentos para o câncer. Veja neste artigo como amenizar os problemas bucais mais frequentes!

Durante o tratamento, o paciente diagnosticado com câncer começa a perceber muitas alterações físicas que a doença e as medicações correlatas podem causar. Os mais citados no consultório costumam ser a alteração no paladar e apetite, a fadiga frequente e náuseas, além de é claro, a perda do cabelo. 

Essa condição pode se desenvolver em qualquer tecido ou órgão, já que é dada pelo crescimento desordenado de células e pela rápida divisão. O câncer pode ocorrer com células saudáveis e doentes,sempre se encaixando na premissa de rápida divisão e multiplicação.  

Existem muitos caminhos disponíveis para tratar o paciente contra o câncer, porém a escolha deste está diretamente ligada aos fatores: saúde do paciente e estágio do câncer. Mas no geral, as terapias mais indicadas e com melhores resultados são as de quimioterapia e radioterapia. 

Câncer e problemas bucais

O tratamento feito com drogas sistêmicas, quimioterapia, radioterapia e outras altera diretamente a imunidade do paciente, o que o deixa mais suscetível a qualquer alteração na saúde. 

A medicação utilizada para o câncer tem como função macro matar rapidamente células em crescimento e/ou em atividade mióticas, afetando diretamente a saúde bucal, o que gera a curto prazo:

  • Xerostomia;
  • Acúmulo de placa bacteriana;
  • Aumento da acidez bucal;
  • Desmineralização dos dentes;
  • Sensibilidades nas bochechas e gengivas. 

A sensibilidade na região da mucosa bucal se dá pelo curto tempo que as células normais tem para se recuperar nos intervalos dos tratamentos. Essa percepção demonstra maior possibilidade desses pacientes desenvolverem condições como (estas podem ser temporárias ou irreversíveis dependendo do caso):

  • Candidíase oral. 
  • Mucosite;
  • Gengivite. 
  • Cáries;
  • Estomatite viral.
  • Dores na região de implantes ou dificuldade de cicatrização.

Como amenizar?

Apesar de todos os problemas bucais desencadeados pelo câncer e tratamentos associados, a higiene não deve deixar de ser feita. Existem no mercado a marca bioXtra, com produtos ideais para bocas sensíveis. Veja o passo a passo abaixo de como indicar o uso ao paciente:

É indicado o Creme dental bioXtra, que é livre de lauril sulfato de sódio, livre de sal, de aromas fortes e de açúcar para retirar restos alimentares e ajuda na prevenção de doenças periodontais. 

O creme dental é perfeito para pacientes que estão em tratamento de câncer de mama e com mucosite na cavidade oral porque não resseca em nada a mucosa oral. 

Para a hidratação total da boca após a escovação é recomendado o uso do Enxaguatório bioXtra, que tem fórmula suave e ajuda no fortalecimento dos dentes neste período crítico.

Para os momentos de ressecamento extremo ou de repouso, em que o paciente passa muitas horas com a boca fechada e sem estimular a saliva de outras formas, o ideal é o Gel Oral bioXtra. Sua textura viscosa consegue manter a hidratação por horas a fio, além de ter em sua composição enzimas idênticas as da saliva natural. 

Para o paciente que tem a vida agitada, sugerimos o uso do Spray Oral bioXtra para ficar sempre com você e evitar desconfortos durante o dia. Seu formato permite uma hidratação instantânea que pode (e deve) ser reaplicada várias vezes ao dia.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos e marque aqui nos comentários para se informar sobre o câncer!

Desculpa! O autor ainda não preencheu seu perfil.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

cancer e paladarFerida na boca